quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Nacho Libre

De novo, compramos mais um voucher nesses sites de compra coletiva. Dessa vez foi para o mexicano Nacho Libre. O voucher era de R$ 40,00 por R$ 10,00, o que nos deu a possibilidade de experimentar tudo e mais um pouco ;P

O que pedimos:

Como entrada, dividimos um Nachos Cream (nachos com molho sour cream) / Valor: R$ 11,30
Molho Adicional (cheddar) / Valor: R$ 4,20

Nachos com Sour Cream e Cheddar


Achamos que o nachos estava bem normalzinho, pode ser dispensado da refeição que não vai fazer diferença. É apenas um Doritos, só que sem graça! O sour cream lembra um iogurte sem sabor, tem uma textura cremosa, mas não é aquela maravilha. O cheddar estava muito sem graça, meio morno, de aspecto esquisito e não era nada cremoso. Por isso, podem pular essa parte na refeição.

Na segunda rodada, pedimos burritos de tamanho médio:

Pedimos um Guadalajara e um Clandestino:

O Guadalajara consiste em linguiça calabresa, refogada no azeite de oliva extra virgem, pimenta biquinho, alface e queijo mussarela. Acompanha molho verde.
Valor: o médio sai por R$ 12,20 e o grande por R$ 14,20

O burrito médio tem um tamanho bom, é relativamente recheado, e é saboroso. O molho verde é gostoso, combinou bem com o recheio e a linguiça é boa. Dá pra repetir se quiser.

Burritos: Clandestino à esquerda e Guadalajara à direita 

O Clandestino é recheado com salsicha cortada em rodelinhas, queijo tipo cheddar derretido e molho 
barbecue. Acompanha molho pico de gallo - semelhante ao vinagrete brasileiro, com toque de pimenta.
Valor: o médio sai por R$ 11,20 e o grande por R$ 13,20

Esse burrito também é relativamente bem recheado, com molho bem forte pra quem não está acostumado a comer pimenta, como eu. A salsicha é boa, cortada em rodelinhas de tamanho bom, sem ser aquelas rodelas imensas.

Para a terceira parte, pedimos tacos:

Um El Chavo (chilli beans, tomate, queijo, mussarela e alface + 1 molho) e um Cabron (carne moída a mexicana, tomate, queijo, mussarela, alface + 1 molho). Ambos custam R$ 6,90.

O molho do El Chavo foi o barbecue, que combinou bem com o pedido. O taco é gostoso, mas o burrito é bem mais recheado e mais saboroso.

Já o Cabron veio com molho verde (molho não picante a base de salsinha), que é bem leve. O taco é pequeno, fino e bom, mas não é nada de OMG. Achamos o burrito mais saboroso e mais bem recheado.

Tacos: El Chavo à esquerda e Cabron à direita

Como tínhamos dois vouchers, vimos que ainda dava pra pedir mais coisa, então, para encerrar, repetimos a rodada de tacos que eram os mais baratos.

Pedimos outro El Chavo (é realmente muito gostoso, e o chilli beans é bem saboroso) e um Acapulco (filet de frango grelhado, cortado em cubos, alface, tomate, mussarela + 1 molho), no valor de R$ 8,20, com molho guacamole (a base de abacate), que combinou com o pedido. Esse taco é bem parecido com o Cabron, mudando apenas o tipo de carne e o molho.

Para beber pedimos um suco Del Valle, no valor de R$ 3,50 e um refrigerante, também por R$ 3,50. O gelo no copo veio triturado, o que atrapalhou na hora de tomar a bebida. O ideal é que tivesse vindo em cubos, como de costume.

Eles serviram as bebidas em copos de plástico. O que achamos um pouco estranho e feio, porque, afinal de contas, estamos em um restaurante.

É um lugar interessante para se conhecer, mas não é tão gostoso assim, o que vale a pena é o burrito, mas há outros lugares mais saborosos. O cardápio de sobremesa oferecia basicamente diversos tipos de açaí, mas não foi algo que nos interessou.

Salão do piso superior

O estabelecimento é bem pequeno, com apenas 8 mesas que ficam no piso superior. No térreo fica a entrada, o caixa, a cozinha e o banheiro. Estávamos esperando uma decoração mais mexicana, mais típica, mas estava bem básica, pra não falar sem graça. Precisam melhorar bem a decoração. E também a decoração da bandeja. Ver aqueles copinhos de plástico e largar a bandeja, também de plástico, na mesa enquanto comemos, não é algo que abra o apetite haha

No início tinha apenas um garçom servindo todo mundo, mas depois que estava mais lotado, algumas pessoas lá de baixo subiram pra dar uma mãozinha. Achamos que falta um pouco mais de organização no atendimento.

Não tem vallet e não vimos estacionamento por perto, mas conseguimos uma vaga na rua bem pertinho. É uma questão de sorte.


Nacho Libre
Localização: Av. Prof. Alfonso Bovero, 754 - Perdizes
Site: http://nacholibre.com.br/blog/
Twitter: @_nacholibre
Avaliação: Regular

0 comentários:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...